Descobrindo o canto dos passarinhos

           Para muitos o som é apenas uma variação de pressão que o ouvido humano ou animal pode captar; apenas algo comum, diário e cotidiano; para outros são ondas mecânicas. Mas para Anne isto ia muito além do comum, muito além de ondas; era algo incrível que ela contemplava o pouco que conseguia escutar. Porém nos últimos dias algo vinha ajudando a mudar está historia.

        Inicialmente parecia um dia comum como outro qualquer, Anne tinha saído para fazer compras em um supermercado próximo a sua casa; entretanto sua felicidade não se resumia a isto, e sim á novidades que ajudava a complementar sua vida; e fazer com que o mundo ficasse mais amplo, alto e compreensivo. Sendo assim no caminho para o supermercado ela parou junto á umas árvores. Contudo o dia estava lindo, ensolarado e os passarinhos não resistiram e começaram á cantar; e Anne pode escutar o maravilhoso canto que há anos não escutava.

          Um canto alegre e suave que encanta alma; um som que relaxa e acalma; um som que só os mais sensíveis conseguem perceber a sua filosofia e a partir delas construir historias; uma das mais belas obras Divinas da criação. A partir de agora se podia perceber que cada passarinho tinha seu timbre voz e alcançava um tom e uma determinada nota. Perceber por vez um dos tesouros da natureza, presentes como atrativos no meio urbano. Agora Anne podia perceber que o mundo não é tão silencioso quanto ela imaginava; perceber que agora seu ouvido ganhava destaque.

          O tempo passou, muitas reflexões também. E as compras? Já estava no inicio da noite, e infelizmente ao chegar lá o supermercado já esta fechado. Mesmo assim aquele dia valeu a pena, pois foi um dia diferente em que Anne estava recuperando a magia de ouvir, a magia de sonhar a parti dos cantos mais simples da natureza; a partir de um par de aparelhos auditivos que tinha comprado recentemente. Contudo Anne se sentia contemplada, pelo fato de ter ouvido o canto dos passarinhos. O que ela fez, para muitos pode ser um ato de distração, porém para ela era a descoberta do canto dos passarinhos.

                                                                                                            Escrito em 1 e 2 de maio de 2015

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s